Domingo, 17 de Setembro de 2017

O teu sorriso...

Imagem 311.jpg

Verdade!

 

tags:

publicado por O Solitário às 21:51
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 23 de Outubro de 2016

Olhos que sorriem...

tumblr_lf0hpzgL2V1qbpc56o1_500_large.jpg

 

tags: ,

publicado por O Solitário às 19:01
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 15 de Julho de 2015

Que sorriso...

ng4441996.jpg

 

 http://www.dn.pt/inicio/pessoas/interior.aspx?content_id=4679481

 

 

tags:

publicado por O Solitário às 07:27
link do post | comentar | favorito
Sábado, 31 de Maio de 2014

Tempo

 

 

 

 A “eternidade” é um conceito de filosofia que se refere a algo que não pode ser medido pelo tempo, porque transcende o próprio tempo, é, e será sempre um conceito difícil de entender, dentro de cada um de nós, perduram momentos, pessoas, sorrisos, gestos que são eternos, serão eternos na minha vivência, aí sim, serão perpetuados.

 

Num tempo em que o sonho transporta-nos a lugares inatingíveis, mesmo sabendo que não conseguiremos atingir esse lugar, ficamos ansiosos, procuramos com avidez um sinal, um gesto, talvez um sorriso, a obsessão apodera-se da mente, a cada hora, a cada minuto, o sonho está presente, em cada instante procuramos algo que sabemos não conseguir, é uma busca dolorosa, é um estado de ansiedade que vivido na primeira pessoa, deixa marcas irreversíveis, é quer que ali, que naquele momento o sonho se transforme em realidade, que o sonho aconteça, mesmo tendo consciência que o sonho não vai acontecer, que a realidade é esta, foi esta, foi esta que construímos e é com esta realidade que temos de viver.

 

As palavras, sim, as palavras, quando sentidas de letra a letra, de sílaba a sílaba, contribuem para o sonho, aproximam-nos, testam sentimentos, põem à prova as emoções, sim, as emoções que fazem com essas palavras por um lado, sejam um tónico de esperança, por outro lado, angustiam e trazem uma lágrima de saudade, mas são palavras que geram dependência porque queremos mais, porque quando estão ausentes, que vazio sentimos, que sensação de abandono, e é dessa dependência que temos de nos “livrar”, não podemos ficar “acorrentados “ a um tempo de espera que tarda em passar e a umas palavras que por vezes tardam em chegar!

 

Por tudo isso, ficarei no meu canto, ficarei como sempre estive, ficarei pensando em ti, revendo o teu sorriso, e tu, segues o teu caminho nesse comboio da vida, que seja uma viagem feliz, que seja uma viagem de sonho, de amor e de paixões, de mais alegrias do que tristezas, de mil sorrisos e de mil gestos carinhosos.

 

Que os companheiros de viagem te proporcionem uma inolvidável caminhada na vida, que a paisagem seja sempre de amor, alegria, paz e de concórdia, e quando olhares pela janela do comboio da vida, fá-lo sempre com um sorriso, porque o teu sorriso, de certeza que embelezará ainda mais a paisagem em que te movimentas, a tua vida!

 

 


publicado por O Solitário às 08:01
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 12 de Abril de 2014

Janelas em (re)construção...

 

 

Amor e amizade não são simplesmente palavras,

Significam aquilo que em todos nós,

É mais profundo e humano.

 

O que há em nós, é amor é amizade?...

é algo que perdura no tempo, 

há um afecto emocional que o tempo não consegue olvidar,

existe o sonho, existirá sempre o sonho,

permanece algo que o tempo não apaga,

o teu sorriso!

 

 


publicado por O Solitário às 20:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 9 de Abril de 2014

Banco vermelho

 

 

Na solidão do banco vermelho,

sente-se a brisa suave do alvorecer,

ouvem-se as aves madrugadoras,

coexiste a saudade de um teu sorriso …

 


publicado por O Solitário às 06:41
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 4 de Abril de 2014

Quero

 

 

 

Caminhar contigo pelos verdes campos,

sentir o cheiro da terra,

ver as flores desabrocharem,

ouvir o murmurar da água do regato a correr,

ouvir o chilrear dos pássaros,

sentir o teu doce sorriso,

subir ao cimo do monte

e olhando mais além,

ver o azul do mar… 

 


publicado por O Solitário às 22:28
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 27 de Fevereiro de 2012

Caçador de sóis

 

 

 
Nostalgia ou saudade?

Por vezes não há palavras que descrevam o que sentimos em certos momentos, será saudade? …. Sei lá, talvez seja saudade, talvez seja nostalgia, talvez estas duas palavras “nostalgia e saudade” não sejam as palavras adequadas, mas se não são estas, quais são?...

Oh, que conflito o meu com as “palavras”, procuro incessantemente o seu sentido, sim, que sentido? Fará sentido procurar o sentido das palavras? Interrogo-me.... será que têm sentido?

Quero crer que têm sentido, sim, sei que têm sentido, mas quando encontrarei o seu sentido?

Não sei!!!

 

 


publicado por O Solitário às 22:20
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 28 de Junho de 2009

Um sorriso triste....

(desenho retirado da Net) 

 

 
 
Um sorriso triste,
talvez a incerteza de um destino,
um rosto triste,
sei lá, o encolher de ombros,
a saudade que não se sabe quando começou,
e porque começou,
nuvens que voam silenciosamente,
brisa do sul que sopra de mansinho,
vento norte que fustiga forte,
bátegas de água na vidraça, silêncio…
sim, silêncio! e aqui e ali
duas lágrimas rolam silenciosamente…
nesse rosto triste!
 
O Solitário

 

 


publicado por O Solitário às 11:56
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Quarta-feira, 11 de Fevereiro de 2009

jacques brel, une valse a mille temps

 

 

tags: ,

publicado por O Solitário às 12:16
link do post | comentar | favorito

Jacques Brel -Madeleine

 

 

tags:

publicado por O Solitário às 12:12
link do post | comentar | favorito
Sábado, 7 de Fevereiro de 2009

Há palavras que nos beijam

 Foto de "O Solitário"

 

 

Há palavras que nos beijam
Como se tivessem boca,
Palavras de amor, de esperança,
De imenso amor, de esperança louca.

Palavras nuas que beijas
Quando a noite perde o rosto,
Palavras que se recusam
Aos muros do teu desgosto.

De repente coloridas
Entre palavras sem cor,
Esperadas, inesperadas
Como a poesia ou o amor.

(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído,
No papel abandonado)

Palavras que nos transportam
Aonde a noite é mais forte,
Ao silêncio dos amantes
Abraçados contra a morte.


 Alexandre O'Neill


publicado por O Solitário às 15:45
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 5 de Fevereiro de 2009

Orquídea...

(Foto retirada da Internet)

tags:

publicado por O Solitário às 20:50
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 2 de Fevereiro de 2009

Encontros e Despedidas

 

 


publicado por O Solitário às 21:43
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2009

Por acaso...

Foto de "O Solitário"

 

As pessoas entram em
nossa vida por acaso,
mas não é por acaso
que elas permanecem.

Lilian Tonet


publicado por O Solitário às 06:30
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 20 de Janeiro de 2009

Vou estar sempre por perto!

 

Foto de "O Solitário"

 

 

Quando esta fase difícil passar
Vais ver como o sol vai voltar a brilhar para ti
E a vida te vai de novo sorrir.
 
O sofrimento vai fazer-te crescer imenso.
Vai aumentar a tua sabedoria de vida.
Vai ajudar-te a conhecer melhor os outros
E a saber distinguir
Quem são aqueles que te amam de verdade, gratuitamente,
E que não se aproximam por interesse.
 
O sofrimento vai ensinar-te
A encontrar o valor das pequenas grandes coisas,
Mesmo aquelas que hoje possam parecer insignificantes.
 
A dor vai ensinar-te a amar mais e melhor
E tornar-te numa pessoa ainda mais bonita,
Ainda mais humana, Ainda mais fraterna.
Vais ver como é verdade!
 
E eu?..
Eu vou estar por perto:
Apoiando-te,
Dando-te força quando precisares e quiseres
Uma palavra amiga... sempre,
Cultivando a tua auto-estima e autoconfiança,
Alegrando-me com as tuas alegrias,
Felicitando-te pelos teus êxitos e sucessos
Dedicando-te a mais sincera das Amizades!...

 

poema de Ana Paula Bastos


publicado por O Solitário às 06:46
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 17 de Janeiro de 2009

Segue Teu Destino

 

 


Segue o teu destino,
Rega as tuas plantas,
Ama as tuas rosas.
O resto é a sombra
De árvores alheias.

 

A realidade
Sempre é mais ou menos
Do que nós queremos.
Só nós somos sempre
Iguais a nós-próprios.
Suave é viver
só.


Grande e nobre é sempre
Viver simplesmente.
Deixa a dor nas aras
Como ex-voto aos deuses.
Vê de longe
a vida.


Nunca a interrogues.
Ela nada pode
Dizer-te. A resposta
Está além dos deuses.
Mas serenamente
Imita o Olimpo
No teu coração.
Os deuses são deuses
Porque não se pensam.

 

Poema de Nuno Júdice

 


publicado por O Solitário às 22:16
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 10 de Janeiro de 2009

Luar de Janeiro...

  

 

 Nocturno
 
O desenho redondo do teu seio
Tornava-te mais cálida, mais nua
Quando eu pensava nele...Imaginei-o,
À beira-mar, de noite, havendo lua...

Talvez a espuma, vindo, conseguisse
Ornar-te o busto de uma renda leve
E a lua, ao ver-te nua, descobrisse,
Em ti, a branca irmã que nunca teve...

Pelo que no teu colo há de suspenso,
Te supunham as ondas uma delas...
Todo o teu corpo, iluminado, tenso,
Era um convite lúcido às estrelas....

Imaginei-te assim á beira-mar,
Só porque o nosso quarto era tão estreito...
- E, sonolento, deixo-me afogar
No desenho redondo do teu peito...
 
Foto de  "O Solitário" Poema de David Mourão Ferreira
 

publicado por O Solitário às 21:42
link do post | comentar | favorito
Sábado, 15 de Novembro de 2008

Encosta-te a mim.......

 

 


publicado por O Solitário às 07:54
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 13 de Novembro de 2008

Parabéns Margarida....

 

Caçador de sóis....

 

 

 

 

 

A lua de poesia....

 

 

 

 Uma flor para ti....

 

 Foto de "O Solitário"

 

 Parabéns por mais um aniversário, que sejas muito feliz!...

 

Um beijo

 

 


publicado por O Solitário às 09:08
link do post | comentar | favorito

.sou eu....


. ver perfil

. seguir perfil

. 14 seguidores

.pesquisar

 

.Maio 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O teu sorriso...

. Olhos que sorriem...

. Que sorriso...

. Tempo

. Janelas em (re)construção...

. Banco vermelho

. Quero

. Caçador de sóis

. Um sorriso triste....

. jacques brel, une valse a...

. Jacques Brel -Madeleine

. Há palavras que nos beija...

. Orquídea...

. Encontros e Despedidas

. Por acaso...

. Vou estar sempre por pert...

. Segue Teu Destino

. Luar de Janeiro...

. Encosta-te a mim.......

. Parabéns Margarida....

.arquivos

. Maio 2020

. Abril 2020

. Novembro 2019

. Abril 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.visitas

online

.Visitas de Solidão

Free Web Counter
Clothing Stores
SAPO Blogs

.subscrever feeds