Terça-feira, 23 de Setembro de 2014

Ao fim do dia...

 

Ao fim do dia, recordo as tuas palavras,

em silêncio, observo o sol que se despede da cidade,

penso em ti, revejo o teu sorriso,

sinto o afecto do teu abraço,

sei que nada disto, será novamente verdade,

sei que não te terei mais,

desde há muito que sei que assim será,

mas também, desde há muito que sei,

que estarás sempre em mim,

porque não te consigo olvidar,

estarás sempre comigo e em mim,

estarás sempre presente

na minha memória! {#emotions_dlg.blueflower}

 

 


publicado por O Solitário às 22:03
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Setembro de 2014

O Silêncio das palavras

 

 

No silêncio das palavras, os sons da memória,

na memória, o olhar doce, o sorriso, o toque

no toque, a aproximação de dois seres,

no sorriso, a intensidade do amor,

no que resta do amor,

a saudade….

 

Na saudade,

o doce sabor dos teus lábios

nos teus lábios, o doce recordar de um beijo

no beijo, a entrega apaixonada dos amantes

que se abraçam no silêncio e na ternura dos afetos,

o teu terno olhar que se desvanece no longínquo horizonte

nesse horizonte cada vez mais distante, e no silêncio das palavras,

a saudade!

 

 


publicado por O Solitário às 21:57
link do post | comentar | favorito
Domingo, 27 de Abril de 2014

janela com grades

 

 

As grades do silêncio


publicado por O Solitário às 16:47
link do post | comentar | favorito
Sábado, 12 de Maio de 2012

A importância do silêncio

 

 

 

 

 O silêncio é o conselheiro sábio que compreende a necessidade de não magoar ninguém,

de não ferir susceptibilidades,

É importante o silêncio, é importante saber escutar as palavras silenciosas

que não serão escritas!

 

no recato da Fortaleza, é urgente saber silenciar os sons da memória!

 

   

 

 

tags:

publicado por O Solitário às 22:39
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 5 de Maio de 2012

Partilha...

 

 

 

A partilha do silêncio é uma coisa fantástica,

 

fantástica porque é uma partilha repleta de sons e imagens da memória,

 

em que o silêncio cúmplice

 

dá outra dimensão do nosso ser...

 

tags:

publicado por O Solitário às 15:20
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 18 de Abril de 2012

Silêncio...

 

 

  

No silêncio da noite, a suave brisa da primavera,

Na memória, as palavras pensadas e escritas,

No silêncio das palavras, o som da memória,

Na memória a ausência de palavras…

 

Palavras sentidas, amizade ausente,

Sentimento presente nas palavras sentidas,

Descubro um recanto, um refúgio na memória,

E ali adormeço, na ausência de uma palavra.

 

tags:

publicado por O Solitário às 22:02
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 1 de Março de 2012

Os sons do silêncio….

 

 

    

 

 

 Fotos JS

 

É o silêncio da noite, é o som da leve brisa que sopra do mar, é o som do nevoeiro que envolve a cidade, é o silêncio de gente em correria que passa sem ter tempo de sentir os sons da paisagem, caminho sentindo os silêncios da cidade, de quantos dramas, de quantas lágrimas, de quantos sorrisos, de paixões, de encantos e de tristezas! São os silêncios da vida….

 

Mas, neste silêncio carregado de sons da memória, quero escutar a memória dos sons, a memória da saudade, quero ouvir os sons dos sorrisos, o som do toque sublime, quero sentir o afecto das palavras, quero escrever uma “carta proibida”, quero que o silêncio da Fortaleza embale os sentires, que embale as palavras que talvez nunca venham a ser escritas nessa “carta proibida”!

 


publicado por O Solitário às 22:31
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 12 de Fevereiro de 2011

Nana Mouskouri - The Power Of Love

tags:

publicado por O Solitário às 10:25
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 29 de Setembro de 2010

...

tags:

publicado por O Solitário às 21:51
link do post | comentar | favorito

...

 
tags:

publicado por O Solitário às 07:54
link do post | comentar | favorito
Sábado, 10 de Julho de 2010

Foste tu...

tags:

publicado por O Solitário às 08:16
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 6 de Junho de 2010

Dia 06 / 06 - Parabéns

 

 

 

Mais um dia 06 de Junho e como não podia deixar de ser,

 

o dia do teu aniversário,

 

é um dia que recordo no silêncio da saudade,

 

de uma saudade que perpetuará na memória para todo o sempre.

 

PARABÉNS!

 

onde quer que estejas, estás sempre Presente!

 

 

 

Foto da net

 


publicado por O Solitário às 00:02
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 13 de Maio de 2010

O silêncio da madrugada

 

 

 

 
Nesta madrugada fria de um dia de primavera, tento ouvir o silêncio… não consigo!

Aqui e ali ouvem-se os “mil” sons deste silêncio, a brisa na janela, o chilrear dos pássaros, ao longe o murmurar do mar, agora, são as bátegas de água que começam a açoitar as vidraças da minha janela, nunca há silêncio completo!

 

J.S.


publicado por O Solitário às 06:20
link do post | comentar | favorito
Sábado, 8 de Maio de 2010

Cada um que passa em nossa vida

 

 

 

 

 Foto JS

 

 

Cada um que passa em nossa vida passa sozinho...
Porque cada pessoa é única para nós, e nenhuma substitui a outra.
Cada um que passa em nossa vida passa sozinho, mas não vai só...
Levam um pouco de nós mesmos e nos deixam um pouco de si mesmos.
Há os que levam muito, mas não há os que não levam nada.
Há os que deixam muito, mas não há os que não deixam nada.
Esta é a mais bela realidade da vida...
A prova tremenda de que cada um é importante e que,
ninguém se aproxima do outro por acaso

 

Antoine de Saint-Exupéry 

 

tags:

publicado por O Solitário às 11:57
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 14 de Abril de 2010

Catavento...

 

 

Foto J.S.

tags:

publicado por O Solitário às 22:42
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 4 de Julho de 2009

......

 

 

 

tags:

publicado por O Solitário às 12:12
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 28 de Junho de 2009

Um sorriso triste....

(desenho retirado da Net) 

 

 
 
Um sorriso triste,
talvez a incerteza de um destino,
um rosto triste,
sei lá, o encolher de ombros,
a saudade que não se sabe quando começou,
e porque começou,
nuvens que voam silenciosamente,
brisa do sul que sopra de mansinho,
vento norte que fustiga forte,
bátegas de água na vidraça, silêncio…
sim, silêncio! e aqui e ali
duas lágrimas rolam silenciosamente…
nesse rosto triste!
 
O Solitário

 

 


publicado por O Solitário às 11:56
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Domingo, 21 de Junho de 2009

Um homem e uma mulher....(II)

 

 

 

 Numa manhã de sol e fria de um sábado do mês de Novembro de um ano por inventar, um homem e uma mulher encontram-se no local combinado, sorriem, cumprimentam-se e caminham pelas ruas do bairro ainda quase desertas, aqui e ali um morador sai de casa, os automóveis são poucos a circular, pouco depois chegam ao "seu" café e entram, sentam-se numa mesa próximo da entrada, ao lado, um homem lê o Correio da Manhã, na mesa seguinte, duas mulheres de idade tomam o pequeno-almoço, os clientes ainda são poucos, é apenas mais uma manhã de Outono repleta de sol!

 
O empregado aproxima-se e com um sonoro “bom dia” (que destoa de alguns tímidos e quase imperceptíveis “bons-dias” de outros empregados de mesa) questiona o que pretende tomar, o homem e a mulher pedem o que pretendem, o empregado afasta-se, dali a pouco, regressa com os pedidos e claro, lá estava a especialidade da casa!... entretanto já se conversava à mesa e conversavam entre outras tantas coisas, conversavam em tomar “decisões”, nem mais, nas precauções e na ponderação que certas decisões exigem de cada um, que há decisões que não se podem ou não se devem tomar de ânimo leve, mas sim, que devem ser ponderadas, que deve-se primeiro acautelar e preparar o momento seguinte à tomada da decisão e “puxando” pela sua vivência e experiências ainda recentes de tomadas de decisão do foro pessoal, concluíram que … “nada de precipitações, deve-se ponderar sempre muito bem, e criar condições para o dia seguinte a certas decisões”.
 
O burburinho das conversas aumentou nos últimos minutos, já há mais clientes no café, é um café de bairro, os clientes conhecem-se, cumprimentam-se e trocam dois dedos de conversava, dentro daquele burburinho o homem e a mulher continuam conversando…
 

 

(Este texto é uma peça de um conto, que contém ficção e inspirado na “Invenção do amor” de Daniel Filipe.
Qualquer semelhança com a realidade, é mera coincidência. É apenas um conto, em que a eventual publicação de futuras peças  falarão sempre do homem e da mulher...)

 

tags:

publicado por O Solitário às 22:14
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 5 de Junho de 2009

.........

 

 

tags:

publicado por O Solitário às 05:30
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 27 de Maio de 2009

Conversando....

 

Foto de "O Solitário"

tags:

publicado por O Solitário às 21:23
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.sou eu....


. ver perfil

. seguir perfil

. 14 seguidores

.pesquisar

 

.Maio 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ao fim do dia...

. O Silêncio das palavras

. janela com grades

. A importância do silêncio

. Partilha...

. Silêncio...

. Os sons do silêncio….

. Nana Mouskouri - The Powe...

. ...

. ...

. Foste tu...

. Dia 06 / 06 - Parabéns

. O silêncio da madrugada

. Cada um que passa em noss...

. Catavento...

. ......

. Um sorriso triste....

. Um homem e uma mulher.......

. .........

. Conversando....

.arquivos

. Maio 2020

. Abril 2020

. Novembro 2019

. Abril 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.visitas

online

.Visitas de Solidão

Free Web Counter
Clothing Stores
SAPO Blogs

.subscrever feeds