Segunda-feira, 19 de Setembro de 2016

A mais bela imagem dos Jogos Paralímpicos

ng7609712.jpg

 

ng7609718.JPG

 

 http://www.jn.pt/desporto/interior/a-mais-bela-imagem-dos-jogos-paralimpicos-5397100.html

 

 

 


publicado por O Solitário às 19:32
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 26 de Agosto de 2015

Clandestinos do Amor

 

tags:

publicado por O Solitário às 07:28
link do post | comentar | favorito
Sábado, 11 de Abril de 2015

Presença

 

IMG_2806.JPG

Na praia ao fim do dia, os sons do mar,

as gaivotas esvoaçando procurando algo perdido no areal,

sentir a brisa, ver a espuma que se desvanece e que se renova a cada instante,

sentir a tua presença, ter a sensação de poder tocar-te,

de poder esticar a mão para pegar na tua mão.

 

O amor vai muito para além da pessoa física do ser amado,

quando encontrámos o significado mais profundo

no seu ser espiritual, no seu interior,

Se está ou não presente, se está ou não vivo,

deixa, até certo ponto de ser importante.

 

Que este sentimento era muito forte e estavas ali,

então, nesse momento, uma gaivota voou em silêncio

e veio pousar mesmo à minha frente,

as outras gaivotas continuavam esvoçando, 

aquela, ali ficou, a olhar fixamente para mim!


publicado por O Solitário às 18:32
link do post | comentar | favorito
Sábado, 17 de Março de 2012

O amor e outras angústias

 

 

 

 Foto JS

Amor, palavra pequena, mas de grande sigificado!

 

 

O Amor é.... programa de Júlio Machado Vaz na Antena 1: 

  

http://mp3.rtp.pt/mp3/wavrss/at1/1814394_109096-1203122107.mp3

 

 

tags:

publicado por O Solitário às 17:11
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 2 de Junho de 2008

Amor e seu tempo

Amor é privilégio de maduros
estendidos na mais estreita cama,
que se torna a mais larga e mais relvosa,
roçando, em cada poro, o céu do corpo.

 

 É isto, amor: o ganho não previsto,
o prêmio subterrâneo e coruscante,
leitura de relâmpago cifrado,
que, decifrado, nada mais existe

valendo a pena e o preço do terrestre,
salvo o minuto de ouro no relógio
minúsculo, vibrando no crepúsculo.

 

Amor é o que se aprende no limite,
depois de se arquivar toda a ciência
herdada, ouvida. Amor começa tarde.

Carlos Drummond de Andrade

tags: , ,

publicado por O Solitário às 15:40
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 11 de Maio de 2008

A Voz do Silêncio

 Foto O Solitário

 

A pessoa que sou é única, limitada a um nascer e a um morrer, presente a si mesma e que só à sua face é verdadeira, é autêntica, decide em verdade a autenticidade de tudo quanto realizar. Assim a sua solidão, que persiste sempre talvez como pano de fundo em toda a comunicação, em toda a comunhão, não é 'isolamento'. Porque o isolamento implica um corte com os outros; a solidão implica apenas que toda a voz que a exprima não é puramente uma voz da rua, mas uma voz que ressoa no silêncio final, uma voz que fala do mais fundo de si, que está certa entre os homens como em face do homem só. O isolamento corta com os homens: a solidão não corta com o homem. A voz da solidão difere da voz fácil da fraternidade fácil em ser mais profunda e em estar prevenida.

Vergílio Ferreira, in 'Espaço do Invisivel I'

 


publicado por O Solitário às 08:12
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quinta-feira, 20 de Março de 2008

O Silêncio

Quando a ternura 
parece já do seu ofício fatigada, 

 

e o sono, a mais incerta barca, 
inda demora, 

quando azuis irrompem 
os teus olhos 

e procuram 
nos meus navegação segura, 

 

é que eu te falo das palavras 
desamparadas e desertas
,

 

pelo silêncio fascinadas. 

Eugénio de Andrade

tags: ,

publicado por O Solitário às 22:14
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Não Ignores o Amor

Quando o Amor te bater à porta...

Não o ignores: Ama!

 

Quando o Amor te for oferecido

Gratuitamente...

Reconhece-o e recebe-o: aceita-o!

 

Venha ele donde vier...

Por vezes o amor não vem de quem mais esperávamos,

Desejávamos, ansiávamos...

Muitas vezes não nos vem daquelas pessoas

A quem mais amamos...

A quem mais nos damos,

Mas de outras.

Talvez até de algumas de quem não esperaríamos...

 

Reconhecer o amor que nos dão...

Que alguém nos dá

E agradecê-lo, reconhecidamente,

Como um dom, uma oferta...

É, por vezes, difícil,

Se ele não vier das pessoas

De quem sonhamos e aspiramos que venha...

(Ana Paula Bastos)


publicado por O Solitário às 12:26
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.sou eu....


. ver perfil

. seguir perfil

. 14 seguidores

.pesquisar

 

.Maio 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. A mais bela imagem dos Jo...

. Clandestinos do Amor

. Presença

. O amor e outras angústias

. Amor e seu tempo

. A Voz do Silêncio

. O Silêncio

. Não Ignores o Amor

.arquivos

. Maio 2020

. Abril 2020

. Novembro 2019

. Abril 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.visitas

online

.Visitas de Solidão

Free Web Counter
Clothing Stores
SAPO Blogs

.subscrever feeds