Terça-feira, 21 de Janeiro de 2014

Gosto-te

 

 

Não fico triste por não te encontrar,

Sorrio por um dia ter-te encontrado!

 

Não choro por te perder,

Sorrio porque um dia tive o teu sorriso!

 

Não esqueço a ausência,

Recordo a tua presença!

 

Não omitirei o calor do teu afecto,

Nem a dor da saudade!

 

Recordarei para sempre o sorriso,

O gesto, a palavra, o toque,

que não aproximou apenas dois corpos,

mas sim, uniu dois afectos!

 

JS

 


publicado por O Solitário às 21:57
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De diferente a 12 de Fevereiro de 2014 às 00:17
"Recordarei para sempre o sorriso,

O gesto, a palavra, o toque,

que não aproximou apenas dois corpos,

mas sim, uniu dois afectos!"

Se efectivamente os afectos se unissem,talvez tudo tivesse mudado. Seria assim um dos afectos tão forte como pensava??ou tal como disse noutro comentário o "homem faz as circunstâncias"?

Com todo o respeito
Diferente

Diferente


De O Solitário a 12 de Fevereiro de 2014 às 20:04
Olá

Pois é, a interrogação que o simpático (como sempre!) comentário coloca, é uma boa questão. quando interroga, “seria que um dos afectos era tão forte como pensava?”…

Não posso pôr em causa que os afectos se uniram, porque isso aconteceu, quer dizer, pelo menos de uma das partes!

Mas, mesmo sem ser possível aferir a intensidade dos afectos (penso que ainda não foi inventado um “afectómetro”), continuo a pensar que sim, que os afectos foram fortes, até que a circunstância do momento, levou a que uma mútua reflexão, anteriormente tida e cuja conclusão foi “…que há decisões que não se podem ou não se devem tomar de ânimo leve, mas sim, que devem ser ponderadas, que deve-se primeiro acautelar e preparar o momento seguinte à tomada da decisão… “, não permitiu que “talvez tudo tivesse mudado”, como dizes.

Só um esclarecimento, a frase de Ortega y Gasset: é "O homem é o homem e a sua circunstância", e não, o “homem faz as circunstâncias”, como podemos verificar, a interpretação não deve ser a mesma, em meu entender, até porque as circunstâncias podem não ser apenas vontade de uma das partes, a circunstância que poderá condicionar, ou que poderia ter condicionado um comportamento diferente, resultou de um conjunto de fatores em especial, o da ponderação pelo "momento seguinte à tomada da decisão"!

Sempre agradecido e reconhecido pela visita e pelo comentário



De diferente a 16 de Fevereiro de 2014 às 14:40
Só hoje vi a sua resposta ao meu comentário, e não concordo consigo. Às vezes 3 palavras bastam, para que tudo o que desejamos se concretize. "Espera por mim "palavras mágicas que muitas vezes em minha opinião mudam o futuro.
Os silêncios misteriosos não ajudam(digo eu) que pouco entendo de palavras "não ditas"
Tenha um bom fim de semana.


Comentar post

.sou eu....


. ver perfil

. seguir perfil

. 14 seguidores

.pesquisar

 

.Maio 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Esta velha angústia,

. 25 de Abril Sempre!

. Parabéns!

. Parque Marechal Carmona e...

. 25 de Abril Sempre!

. CHARLES AZNAVOUR AVE MARI...

. Parabéns Margarida!

. Cascais colorido...

. Caminhando por Cascais

. Caminhando por Cascais

. Cascais...

. Paço d' Arcos

. Devagar.

. Sons do silêncio

. O Tempo Passa? Não Passa

. Caminhos...

. Janelas e Primavera em di...

. Primavera

. Poema à Mãe

. Sons de Abril!

.arquivos

. Maio 2020

. Abril 2020

. Novembro 2019

. Abril 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.visitas

online

.Visitas de Solidão

Free Web Counter
Clothing Stores
SAPO Blogs

.subscrever feeds